Importação e tratamento de dados das principais bases

Aula de Excel: Importação e tratamento de dados das principais bases
Tópicos da aula:

  • Como importar e corrigir possíveis erros
  • Elaboração de notas e comentários analíticos
  • Gráfico de pizza e exportação para o Word

Um dos principais desafios para um internacionalista é avaliar e validar cenários que são apresentados, muitas vezes de forma oportunista. Através da elaboração de estudos próprios, com os devidos cuidados de também considerar o cenário internacional (como pandemia de Coronavírus, mudança de alinhamento de governos, recessão econômica, fechamento de fábricas, etc.), é possível ter uma avaliação que corrobore ou refute posições e entendimentos divulgados.

Em 2020, com a China sendo uma das primeiras a retomar as atividades econômicas, além de ser a principal fornecedora de equipamentos hospitalares. A indústria automobilística, que é uma das grandes responsáveis pelas trocas comerciais entre Brasil e Argentina, em decorrência das restrições e queda da demanda, voltará ao normal. Em abril, dado contexto, coloca a China como maior parceira comercial, mas não é ainda a principal se analisarmos as relações históricas e entrelaçamento das cadeias produtivas, por exemplo.

Será preciso que a China se consolide nos próximos anos, para então afirmar que a China é a principal parceira comercial da Argentina, mas ainda é incerto.

Leia a seguinte matéria:

China passa o Brasil e se torna principal parceiro comercial da Argentina – https://exame.com/economia/china-passa-brasil-torna-principal-parceiro-comercial-argentina/

A matéria deveria destacar que em Abril as trocas comerciais entre China e Argentina superaram as trocas do país vizinho com o Brasil. Por isso, como já destacado na aula, é preciso cuidar para que o título do gráfico seja coerência, e assim também deve ser com as matérias jornalísticas.

Não faço aqui um juízo das relações de governos, pois elas passam. Considero a relevância da relação argentino-brasileira e o momento chnês, sendo preciso construir um amplo entendimento da importância da integração regional e da busca por fortalecimento das relações entre os países em questão, bem como a procura por diversificação. Certamente a Argentina procura diversificar suas relações comerciais, algo que o Brasil já conduziu nos anos anteriores, sem perder de vista a importância do Brasil.

Bases de dados:

IBGE Países e UN Comtrade

Comentar

X
X
X
X